Índice de frete marítimo do Báltico registra nova máxima de quase 9 anos

Fonte: Reuters
Frete marítimo

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

navio

Foto: Reuters

O principal índice de frete marítimo da Bolsa do Báltico subiu pela oitava sessão consecutiva nesta segunda-feira, superando uma máxima de quase nove anos marcada no fim da semana passada, com o impulso da forte demanda para navios capesize.

O índice do Báltico, que rastreia as taxas de navios que transportam commodities secas, ganhou 64 pontos, ou 2,7%, para 2.442, um nível visto pela última vez em novembro de 2010.

O índice capesize subiu 192 pontos, ou 4,3%, para 4.659 pontos.

Os ganhos médios diários para capesizes, que normalmente transportam cargas de 170 mil a 180 mil toneladas, como minério de ferro e carvão, subiram 1.518 dólares, para 36.101 dólares.

Os futuros de minério de ferro da China saltaram para um pico de duas semanas com a demanda saudável de curto prazo, depois que Pequim prometeu mais estímulo para a economia do país.

O índice panamax subiu 2 pontos, ou 0,1%, para 2.262, o maior desde dezembro de 2010.

Os ganhos médios diários para navios panamax, que geralmente transportam cargas de carvão ou grãos de cerca de 60 mil toneladas a 70 mil toneladas, aumentaram 18 dólares, para 18.116 dólares.

Mais Lidas

Siga no Instagram

São Paulo

Rua da Gávea, 1390 - Vila Maria
CEP - 02121-020 - São Paulo/SP
Fone - (11)2632-1500

Brasília

SAS – Quadra 1 – Lotes 3/4
Bloco “J” – 7º andar – Torre “A” Edifício CNT
CEP: 70070-010 - Brasília/DF
Fone - (61)3322-3133