Deputado Lucas Gonzalez protocola projeto de lei que contempla mudanças no exame toxicológico

Fonte: SINDIPESA
Evento

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Na manhã de sexta-feira (31/5), o Palácio dos Transportes foi palco de um rico debate promovido pelo SINDIPESA e pelo SETCESP, com o apoio da NTC&Logística e FETCESP, com o Deputado Federal Lucas Gonzalez – www.lucasgonzalez.com.br. O tema central do evento, que reuniu empresários, executivos e autoridades do TRC, foram os principais desafios na área logística e de infraestrutura na movimentação de cargas.


 
Adauto Bentivegna Filho, assessor executivo do SETCESP, conduziu os trabalhos e chamou os representantes das entidades para compor a mesa, junto com o convidado do dia, deputado Lucas Gonzalez: Tayguara Helou, presidente do SETCESP, Júlio Simões, presidente do SINDIPESA, Francisco Pelucio, diretor financeiro da NTC&Logística, representando o presidente, José Hélio Fernandes, e Manoel de Souza Lima Jr., conselheiro da FETCESP, representando o presidente, Carlos Panzan.

 

61551963 2312243392167974 4250708177705762816 o

WhatsApp Image 2019 05 31 at 11.02.09


Tayguara iniciou sua fala parabenizando Lucas pela sua trajetória no setor de transporte e pela mais recente conquista do cargo público. “Lucas é um colega transportador que pode encaminhar nossas matérias na Câmara dos Deputados. Precisamos fazer nossa parte e procurá-lo para tentar resolver os problemas”. Em seguida, o presidente do SETCESP pontuou algumas bandeiras importantes, como é o caso do tacógrafo digital, projeto para modernizar a forma com que se monitora a atividade de transporte.


Outro problema apontado por ele foi a não indicação do condutor em determinadas multas para preservar o motorista e a empresa. A sugestão é separar as ocorrências por categoria e não pontuar quando for algo não relacionado à segurança viária. As diversas licenças para transporte de produtos perigosos também foram mencionadas por Tayguara como algo penoso para o segmento.

 

“Recentemente saiu a determinação da ANTT acabando com o adesivo do RNTRC. Isso foi uma grande conquista, mas ainda temos as TAGs. O ideal é fazer a leitura por OCR e, se houver problema de compatibilidade de dados, parar o veículo e verificar. Não dá para fazer legislação pela exceção”, lembrou.

 

61617457 2312215495504097 4506401191588003840 o


 
Júlio Simões agradeceu a disponibilidade do deputado em participar do evento e fez questão de ressaltar que a ideia partiu dele. “Foi o Lucas que se prontificou a vir aqui e se colocar à disposição das entidades e das empresas”. Aproveitou para mencionar alguns gargalos do segmento de cargas pesadas e excepcionais, que são a precariedade das Obras de Arte Especiais nas rodovias federais, o relacionamento com as concessionárias e a estrutura viária.


 
Com a palavra, deputado Lucas Gonzalez


 
Após ouvir atentamente todas as colocações, o deputado Lucas Gonzalez fez seus comentários e compartilhou com todos um pouco sobre sua trajetória pessoal e profissional. “Trabalhei por 11 anos na empresa da família, com foco em carga pesada, e conheço bem as mazelas desse setor. Estou aqui para promover uma aproximação e, assim, viabilizar de fato uma mudança”, afirmou Lucas.

 

61740017 2312249722167341 5047138944248971264 o


De acordo com o deputado, o momento é de vencer três principais desafios: adaptação à nova rotina em Brasília, definição de pautas e manter seus propósitos e valores. “A participação de vocês é fundamental para a construção dessas pautas. A sociedade civil tem grande influência no resultado da política e isso tem que ser aproveitado”.


 
Exame toxicológico


 
Outro ponto colocado por Tayguara foi a necessidade de se alterar as regras do exame toxicológico, que hoje é exigido também no momento da contratação e da demissão do colaborador. “Isso não faz o menor sentido e não cumpre com o objetivo de acabar com o consumo de drogas entre os motoristas”, lembrou Tayguara.


Nesta hora, o deputado surpreendeu a todos e comunicou que no dia anterior (quinta-feira, 30 de maio) protocolou na Câmara dos Deputados um projeto de Lei que exclui a obrigatoriedade do exame toxicológico na admissão e demissão, mantendo somente para a renovação da CHN e nos programas de combate ao uso de álcool e drogas.

 

61753778 2312301605495486 1901778782428069888 n


 
Autoridades presentes


 
Participaram do evento Ana Carolina Jarrouge, Coordenadora Nacional da COMJOVEM, Daniel Simas, Coordenador da COMJOVEM de Belo Horizonte, Antônio Neto, Coordenador da COMJOVEM de São Paulo, Antonio Luiz Leite, Vice-Presidente do SETCESP, Dasio de Souza e Silva Jr. Vice-Presidente Executivo do SINDIPESA, Marcelo Rodrigues, Vice-Presidente do SETCESP, Marinaldo Reis, Secretário Geral, Celso Masson, Diretor de Especialidade de Máquinas e Equipamentos do SETCESP.

 

jpgo

São Paulo

Rua da Gávea, 1390 - Vila Maria
CEP - 02121-020 - São Paulo/SP
Fone - (11)2632-1500

Brasília

SAS – Quadra 1 – Lotes 3/4
Bloco “J” – 7º andar – Torre “A” Edifício CNT
CEP: 70070-010 - Brasília/DF
Fone - (61)3322-3133