Governo federal inclui Pará em obras prioritárias de infraestrutura

Fonte: Portal ZD I Infraestrutura
Infraestrutura

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Senador Zequinha Marinho anuncia decisão do governo após audiência com ministro da Infraestrutura

O governo federal finalmente resolveu olhar para a Amazônia como solução e não como problema, para alcançar a retomada da economia. Em reunião solicitada pelo senador Zequinha Marinho (PSC-PA), coordenador da Bancada do Pará no Senado, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, anunciou que obras de infraestrutura no Estado do Pará, a partir de agora, estão entre as prioridades do governo federal.

O encontro em Brasília foi logo após a última reunião do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), realizada na terça (19), na qual ficou decidido que as rodovias BR-155 e BR-158 entrarão para o grupo de prioridades nacionais da União.

Isso quer dizer que até março do ano que vem sairá o estudo de viabilidade para a concessão dessas duas importantes vias. Com a concessão, finalmente essas rodovias vão avançar para a sua conclusão, em condições dignas e seguras para o escoamento da produção de grãos e o transporte de pessoas na região, resgatando uma dívida histórica com o Pará e o Mato Grosso.

“Será o fim dos problemas das pontes da BR-158. Conhecidas como pontes assassinas, onde muitas pessoas, sem alternativa de deslocamento, arriscam-se diariamente e muitas já perderam a vida em razão da precariedade dessas pontes. Há muito lutávamos para que a União pudesse fazer algo para resolver esse problema”, comemorou o senador Zequinha Marinho.

Estratégico

O Pará é visto pelo atual governo como estratégico em seus planos para o desenvolvimento do País. “Com a concessão, que se justifica pela movimentação atual de cargas nessas duas vias, as estradas receberão pavimentação adequada e melhores condições para o transporte”, disse o ministro ao senador.
“O fluxo de carretas que trafegam por essas duas rodovias é tão intenso quanto na BR-163. Merecia mesmo atenção do governo. Que bom que agora será prioridade nacional. Parabéns ao presidente Bolsonaro, ao ministro Tarcísio e a todos os envolvidos por esta decisão”, elogiou Zequinha.

Na reunião, o ministro Gomes de Freitas fez questão de revelar ao senador paraense a fotografia da situação em que se encontra as obras na BR-163 (Cuiabá-Santarém). “A obra está entrando na reta final da pavimentação da rodovia. O governo conclui e deverá inaugurar em dezembro desse ano a pavimentação da rodovia até o porto de Miritituba, no Rio Tapajós, na altura do município de Itaituba. Serão mais 70 km pavimentados, o que impulsionará a economia, escoando a produção agrícola brasileira.”

Também em dezembro, o governo entrega a pavimentação dos 12 km da Transamazônica, a BR-230, no trecho que corta o Pará. Esse era o trecho que ainda estava sem asfalto e que liga Marabá até a margem do Rio Araguaia, na divisa com o Estado do Tocantins.

Além de defender melhores condições nas nossas estradas, o senador ressaltou ao ministro outra obra essencial para o desenvolvimento do estado: “A urgência para que inicie a obra de derrocamento do Pedral do Lourenço. Nos foi informado pelo ministro, que, no último dia 11 de novembro, a empresa contratada para fazer a obra entregou no Dnit – Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes – os estudos de complementação do Eia/Rima. No ano que vem deverão caminhar juntos os processos para o licenciamento e o projeto executivo da obra”, anunciou o senador após a reunião com o ministro.

“Seguiremos firmes em nosso compromisso de cobrar e lutar para que o Pará seja tratado de acordo com sua importância, conforme o seu tamanho, atendendo todo esse potencial que precisa urgentemente ser transformado em benefícios para a população paraense”, reafirmou o senador paraense.

Mais Lidas

Siga no Instagram

São Paulo

Rua da Gávea, 1390 - Vila Maria
CEP - 02121-020 - São Paulo/SP
Fone - (11)2632-1500

Brasília

SAS – Quadra 1 – Lotes 3/4
Bloco “J” – 7º andar – Torre “A” Edifício CNT
CEP: 70070-010 - Brasília/DF
Fone - (61)3322-3133