Doria anuncia secretários de Logística e Transporte Metropolitanos

Fonte: G1
São Paulo

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

O governador eleito de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou na segunda-feira (3) o nome de dois futuros secretários estaduais e os escolhidos para as presidências da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) e da Companhia de Saneamento Básico do estado (Sabesp).
 
A advogada e professora Patricia Iglecias, ex-secretária estadual do Meio Ambiente, assumirá a Cetesb. Patricia é doutora e mestre pela Universidade de São Paulo (USP) e diretora do escritório regional do programa Cidades do Pacto Global da ONU, da USP. Também atua como superintendente de gestão ambiental da USP desde 2016, com conhecimento em áreas como consumo sustentável, resíduos sólidos, responsabilidade civil e compensação ambiental.
 
Já o engenheiro civil João Octaviano Machado Neto, até então secretário municipal de Mobilidade e Transportes na prefeitura de São Paulo e ex-presidente da CET, assumirá a secretaria de Logística e Transporte do governo do estado. João Octaviano foi presidente da Prodam, além de ter atuado como secretário municipal de gestão e também, chefiado a pasta de Serviços e Obras.
 
O goiano Alexandre Baldy de Sant´Anna Braga, de 38 anos, atual ministro das Cidades do governo Michel Temer, assumirá a secretaria de Transportes Metropolitanos. Formado em Direito pela PUC de Goiás, é industrial, produtor rural e empreendedor. Foi eleito deputado federal por Goiás em 2014 em 2014, tendo liderado a bancada do Podemos na Casa.
 
Tomou posse como ministro de Estado das Cidades do governo do presidente Michel Temer no dia 22 de novembro de 2017, onde permanece até o momento.
 
Para chefiar a Sabesp, Doria escolheu o professor Benedito Braga, de 71 anos. Nasceu em Catanduva, no interior de São Paulo, é mestre e doutor pela Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, e foi secretário de Estado de Saneamento e Recursos Hídricos de 2015 a 2018.
 
Serviu na diretoria colegiada da Agência Nacional de Águas (ANA) de 2000 a 2009 e é autor de Autor de 25 livros e capítulos de livros e mais de 200 artigos técnicos sobre recursos hídricos e saneamento no Brasil e internacionalmente. Também foi presidente do Programa Hidrológico Internacional da Unesco, em Paris, de 2004 a 2005.
 
Doria, que assumirá em 1º de janeiro de 2019, já anunciou, além dos acima citados, mais 12 secretários. Além disso, o vice Rodrigo Garcia, que assumirá a secretaria de governo, que será extinta como pasta, além de integrantes do baixo escalão, como o comandante da Polícia Militar e o chefe da Polícia Civil.

São Paulo

Rua da Gávea, 1390 - Vila Maria
CEP - 02121-020 - São Paulo/SP
Fone - (11)2632-1500

Brasília

SAS – Quadra 1 – Lotes 3/4
Bloco “J” – 7º andar – Torre “A” Edifício CNT
CEP: 70070-010 - Brasília/DF
Fone - (61)3322-3133